Seja um Cliente
TURISMO DIGITAL

Turismo digital: um novo jeito de vender viagens

A era digital mudou completamente nossas premissas, a maneira como nos relacionamos com amigos e colegas de trabalho, como estudamos, compramos e principalmente como fazemos negócios. Estamos na era do turismo digital!

Vivemos na era que o celular está no centro de tudo que fazemos: da diversão com jogos, vídeos e bate papo WhatsApp, até resolução de problemas e agilidade nos trâmites profissionais.

Essa mudança de comportamento dos consumidores significa uma espécie de revolução no mundo dos negócios, independente da área de atuação ou porte da empresa. Pesquisa realizada pelo Google mostra que 80% dos brasileiros que têm smartphone usam seus aparelhos para saber mais sobre algum produto ou serviço que querem comprar e o fazem durante suas tarefas.

Turismo digital

A gigante batizou esses momentos de “micromomentos“, ou seja, aqueles minutinhos que pegamos o celular para nos inspirar, buscar mais informação sobre um produto ou uma empresa ou até comprar um produto/serviço.

É fundamental entender o comportamento do novo consumidor, porque a sua jornada de compra mudou e o modo tradicional de atrair clientes e oferecer produtos já não é suficiente para sustentar os negócios.

O mercado de turismo não é exceção e passa pelo mesmo desafio de entender essas mudanças. O viajante 3.0 vive conectado, está muito bem informado, é independente e utiliza os micro momentos para se inspirar, pesquisar, planejar e comprar sua próxima viagem. Ele percorre diversos sites, blogs, redes sociais e ainda baixa vários aplicativos gratuitos que facilitam sua viagem. Portanto, essas mudanças impactam em toda a cadeia turística.

O Google mapeou a jornada de compra desse novo viajante. De acordo com o estudo, em média ele assiste a 5 vídeos online, faz 34 buscas e passa por 380 sites durante os dois meses do planejamento da viagem. Chama a atenção o fato de que 87% desses momentos digitais acontecem no mobile.

O uso do mobile também mudou o comportamento do viajante durante a viagem. Cerca 51% dos turistas buscam informação online  enquanto estão no destino para decidir quais atividades e passeios fazer, onde comer, o que visitar e etc.

Com acesso às informações na palma da mão, o turista também muda a sua decisão de consumo inúmeras vezes. Ou seja, ele pode deixar de fazer um determinado passeio, porque descobriu que há uma atividade mais interessante acontecendo no mesmo momento.

Tudo isso parece óbvio quando nos colocamos no papel do viajante, porque já nos comportamos assim e usamos nossos telefones para tudo. Mas, o desafio que se coloca é: como vou atrair esse novo consumidor no momento do planejamento da viagem? Essa é uma questão não só para agências de viagens e operadoras, mas também para destinos, companhias áreas e hotéis.

Da mesma forma, o desafio de restaurantes, atrativos turísticos, agências de receptivo, locadoras de carro e outras empresas instaladas no destino turístico é: como me posicionar para que minha empresa seja encontrada, considerada e escolhida por esse turista durante a sua viagem?

São dilemas que todos os negócios devem decifrar. As opções de uso da tecnologia estão sobre a mesa e cabe a cada gestor decidir quais e como usá-las para atrair, se relacionar e vender para o consumidor digital.

As ferramentas do marketing digital como site responsivo, posicionamento nas buscas orgânicas, mídias sociais, e-mail marketing, remarketing, etc são fundamentais em todas as etapas da jornada de compra do viajante 3.0. Portanto, já não é mais uma questão de querer ou não utilizá-las, mas decidir quais são as mais estratégicas para cada negócio. Saiba mais aqui

Seja diferente, inove, evolua, inscreva-se em nossa newsletter !

Bem vindo ao mundo digital!

Fonte: @gente no Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *