Fale Conosco
  • phone
    (31) 2551-6501 \ (31) 2551-6502
  • location_on

    Rua Alabandina, 807 - Caiçaras, Belo Horizonte - MG CEP: 30775-330

Deixe sua Mensagem

Seja um Cliente

Como abrir uma corretora de seguros – obtenha o SUSEP e comece o seu negócio!

Como Abrir Uma Corretora De Seguros Obtenha O Susep E Comece O Seu Negocio Post Min Acce Contabilidade - ACCE - Como abrir uma corretora de seguros – obtenha o SUSEP e comece o seu negócio!

Você sabia que qualquer pessoa pode ser um corretor de seguros? Se você quer saber como abrir uma corretora de seguros, leia este post e entenda tudo!

Sim, qualquer um pode se tornar um corretor, seja pessoa jurídica (uma empresa) ou um autônomo! Hoje vamos falar sobre como abrir uma corretora de seguros, por isso, fique conosco e descubra tudo que você precisa saber!

Você não pode sair vendendo seguros assim, sem mais nem menos! É preciso obter uma autorização do SUSEP e também do governo. Mas, logo falaremos a respeito disso. O importante é que você tenha em mente o tipo de seguro que deseja vender, já que existem diferentes seguros, que demandam outros tipos de SUSEP.

O que é SUSEP?

A SUSEP é o órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro. Autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda, foi criada pelo Decreto-lei nº 73, de 21 de novembro de 1966.

O famoso “SUSEP” que você pode obter está para o corretor de seguros como o CRM está para médicos, sem ele, você não tem autorização para vender. Trata-se de um número de habilitação.

Como abrir uma corretora de seguros com o SUSEP?

É preciso entrar em contato com a ENS, a Escola Nacional de Seguros, uma instituição que oferece cursos para a formação de corretores. Para ingressar nesse mercado, existem duas formas principais: realizar uma prova, que é basicamente um teste para medir se você já está habilitado (muito útil para quem já trabalha na área de corretagem há algum tempo e já possui experiência) e também os cursos, que fornecem a habilitação e aprofundam os conhecimentos de quem já está no mercado.

Existem diferentes cursos com durações variadas para os tipos de seguro que você deseja vender, e ao decorrer do curso, você vai fazendo provas para concluir cada módulo.

Vale lembrar que os cursos não incluem técnicas de venda, mas têm várias informações úteis sobre como abrir uma corretora de seguros, incluindo detalhes técnicos dos produtos, legislação etc.

Nos Cursos de CAPITALIZAÇÃO, VIDA E PREVIDÊNCIA você aprenderá sobre:

  • Teoria Geral do Seguro;
  • Matemática Financeira;
  • Direito e Legislação do Seguro;
  • Mercado Financeiro;
  • Estratégias de Comercialização de Seguros;
  • Capitalização;
  • Risco e Precificação de Seguros de Benefícios;
  • Seguros de Pessoas;
  • Gerenciamento de Riscos;
  • Previdência Complementar;
  • Saúde Suplementar;
  • Operações de Seguros (online).

Existem outros ramos para estudar dentro dos cursos de seguros, e neles, assuntos como gestão empresarial e empreendedorismo, gestão financeira e muitos outros são abordados. Tudo depende do ramo em que você quer investir! Mas, o mais vantajoso mesmo é tirar o SUSEP para todos os tipos de seguros.

Quer ser um corretor autônomo? Você precisa dos seguintes documentos:

  • Carteira de identidade
  • CPF
  • Título de eleitor se for de nacionalidade brasileira
  • Certificado de reservista
  • Declarações que atestem o cumprimento ao disposto nas alíneas “c” e “d”, do art. 3º, da Lei nº 4.594, de 1964
  • Comprovante da quitação da contribuição sindical
  • Comprovante de inscrição no cadastro de contribuintes do Imposto Sobre Serviços – ISS como corretor de seguros, se a legislação municipal assim exigir
  • Declaração que ateste o não exercício de cargo ou emprego em pessoa jurídica de Direito Público, cargo de diretoria em sociedade seguradora, resseguradora, de capitalização ou em entidade de previdência privada aberta e a inexistência de vínculo empregatício com as mesmas.

Agora que você sabe como abrir uma corretora de seguros, se quiser abrir uma empresa, precisará do seguinte:

  • Todos os documentos já mencionados para Pessoa Física, para todos os diretores, sócios e administradores;
  • Contrato Social (deverá constar neste que um dos diretores ou sócios é corretor habilitado na SUSESP;
  • Certidão de arquivamento dos atos constitutivos da corretora no Registro Público de Empresas Mercantis e Atividades Afins da Unidade da Federação onde está sediada, que basicamente comprova que a empresa está operando de acordo com a legislação vigente no Brasil e que se enquadra nas exigências formais do tipo societário.

Além disso, será preciso obter permissões e se registrar em alguns órgãos, conforme você pode verificar abaixo:

  • Secretaria da Receita Federal para obter o CNPJ;
  • Prefeitura do Município para obter o alvará de funcionamento;
  • Enquadramento na Entidade Sindical Patronal;
  • Cadastro no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”.
Avalie este Post!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of