Seja um Cliente
Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro para Representante Comercial: Saiba tudo sobre esta importante estratégia!

A administração financeira de uma empresa de representação comercial é uma das mais árduas tarefas para o empresário desse segmento. E para que esta administração seja realmente um sucesso, uma das necessidades básicas é a criação um planejamento financeiro para que o empresário,  representante comercial possa ter uma visão ampla da saúde financeira de seu empreendimento.

Nesse ramo de atividade não basta apenas ser um bom vendedor e saber se comunicar, mas sim, saber representar uma empresa como ela espera que isso seja feito. E o que toda empresa representada espera, é que o representante comercial  atinja todas as metas estipuladas pela mesma.

Para um representante comercial que está em contato com diversas empresas contratantes e com inúmeros clientes, a necessidade do planejamento financeiro é essencial e, como não se trata de uma tarefa simples e corriqueira, é necessário atenção e cuidado para montar um sistema que atenda às necessidades e que apresente resultados.

Na empresa, sempre é necessário trabalhar com uma equipe eficiente, com quem é preciso manter comunicação, muitas vezes à distância, atendendo a diversos segmentos do mercado. O empresário – representante comercial –  deve saber que, a criação de   um planejamento financeiro tem com o objetivo de atender a todos os lados, isto é, os clientes, que buscam os melhores produtos; as empresas, que querem aumentar a rentabilidade através das vendas; e os próprios membros de sua equipe, que precisam cumprir com sua parte.

A administração financeira de uma empresa de representação comercial, portanto, não é uma tarefa simples. É preciso planejar todo o movimento, manter as quotas de vendas dentro do patamar necessário não só para atender as exigências mensais da empresa e, além disso, ainda criar meios para que a empresa possa investir para o seu próprio crescimento.

A representação comercial e suas finanças

O ideal para que uma empresa de representação comercial tenha uma excelente saúde financeira, é ter mais que uma representada em seu portfólio de produtos, uma vez que os percentuais de comissões de apenas uma representação, talvez, não seriam suficientes para arcar com todas as suas despesas. E mais, não é aconselhável manter todos “os ovos”, dentro de uma única cesta. Porém, é importante ter um equilíbrio na quantidade de produtos que se vende, para que realmente os resultados sejam otimizados.

O planejamento financeiro, portanto, é uma exigência para que uma empresa de representação comercial possa continuar funcionando com tranquilidade e segurança, possibilitando ao empresário – representante comercial – condições de administrar seu empreendimento e fazer as previsões necessárias, seja para gerar novos negócios, seja para reduzir custos.

No controle financeiro da empresa de representação comercial é necessária a criação de um plano de contas eficiente, para que se possa gerar o planejamento financeiro. Ao fechar um período de trabalho, que geralmente é o mês, a primeira tarefa é apurar o resultado líquido, saber como estava a vida financeira da empresa naquele período.

A partir daí, torna-se necessário fazer a análise completa de todas as receitas e despesas consolidadas durante o mês, verificando cada uma das contas de despesas e comparando-as com as vendas efetuadas. Isso exige, evidentemente, que o plano de contas seja distribuído entre as empresas clientes para que não haja qualquer engano.

Por exemplo, a empresa de representação comercial pode estar gerando lucro num determinado período, mas uma empresa representada pode ter causado prejuízo. Assim, é preciso saber as ocorrências sobre essa representada, as causas do prejuízo no período, podendo chegar ao ponto de verificar a viabilidade de continuar representando-a ou não.

Essas estratégias devem ser verificadas em contrapartida com o realizado para que o planejamento financeiro ofereça resultados positivos no futuro ao representante comercial e ao seu empreendimento.

O planejamento financeiro: como deve ser feito

Uma empresa de representação comercial tem, como objetivo, fazer a intermediação entre o fornecedor de qualquer produto e o cliente distribuidor, para que, finalmente, o produto possa chegar às mãos do consumidor.

Embora pareça uma tarefa fácil, é uma atividade que exige muito trabalho, muito planejamento, muita organização. A intermediação não é algo assim tão simplificado, exigindo um acompanhamento que vai sair da concepção das necessidades do cliente, irá passar pela produção e chegará à entrega dos produtos, embora o trabalho não tenha seu término nesse ponto: a representação comercial também é responsável pelo pós-venda.

O elo de ligação do representante comercial cria a corrente para que o produtor possa chegar ao cliente final, o que o torna uma figura importante na cadeia produtiva e de distribuição. Exatamente por essa condição é que a empresa deve cuidar com muito cuidado de suas finanças. E como normalmente, é  preciso trabalhar para mais de uma representada, o representante comercial não pode se dar ao luxo de agir sem manter um planejamento financeiro eficiente e muito organizado.

O planejamento financeiro deve ser feito não apenas para o controle de empresas representadas. Esse conjunto deve ser estabelecido com a junção de todas as estratégias definidas com cada uma delas, tais como, plano de metas, planejamento de vendas, geolocalização, prepostos, custos logísticos, quantidade de visitas, relatórios, dentre outros fatores relevantes para que uma empresa de representação comercial tenha efetivo sucesso.

Após o levantamento, através dos resultados de um determinado período, o responsável pelo planejamento financeiro deve utilizar os dados para montar um plano para o período seguinte: despesas mensais fixas, despesas variáveis, despesas eventuais, ou seja, o montante que cada empresa pode precisar para que tenha seus produtos colocados nos clientes finais.

Cada planejamento, de cada empresa representada, deve conter ainda o potencial de vendas exigido não só para o pagamento dessas despesas, como também para gerar o lucro necessário para que a empresa de representação comercial continue com sua viabilidade financeira e que possa, ao mesmo tempo, manter uma reserva para épocas de menor venda, considerando, inclusive, as sazonalidades.

Todo esse levantamento, vai servir para um planejamento financeiro unificado,  para a empresa de representação comercial, onde os números se unem para mostrar como a empresa deve agir no próximo período.

Esse plano deve conter números condizentes com a realidade dos períodos anteriores. Apenas dessa maneira é que se poderá estabelecer estratégias para que a equipe de vendas possa se movimentar e trabalhar para dar o melhor atendimento a todos, desde o cliente final até à empresa representada, atendendo as metas estabelecidas (ou criando estratégias para superá-las) e trazendo resultados efetivos para a empresa.

Trata-se, portanto, de um conjunto de atividades muito mais complexo do que apenas um planejamento financeiro para qualquer outro tipo de empresa. São necessários maiores cuidados e maior detalhamento, principalmente porque a empresa de representação comercial não é só uma intermediadora: ela representa a empresa que a contratou e deve levar uma imagem definida para os clientes.

O planejamento financeiro para uma empresa de representação comercial é essencial para a continuidade das atividades da mesma e para o melhor atendimento ao consumidor que, afinal, é o objetivo final de toda a cadeia mercantil.

Bônus: CONTROLE SUAS VENDAS ATRAVÉS DESTA EXCELENTE PLANILHA!

Até a próxima!

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *