Seja um Cliente
Representante Comercial

Representante Comercial: saiba como organizar as suas finanças!

Organizar as finanças é o primeiro passo para que a atividade de representação comercial seja lucrativa. Embora seja um profissional autônomo, a administração financeira é bastante parecida à de uma grande corporação: é preciso ter o controle dos custos, das despesas, dos lucros e de todas as movimentações de capital atreladas à sua atividade profissional.

A partir deste acompanhamento, o representante passa a ter consciência do quão lucrativa — ou não — é a sua atividade para otimizar aquilo que está dando certo e para modificar todas as falhas nos seus processos.

Mesmo sendo muito importante, a organização das finanças não é uma tarefa difícil. Basta ter disciplina no acompanhamento diário das movimentações financeiras e, com isso, nós podemos te ajudar. É só acompanhar o restante do nosso post.

  1. Mapeie o cenário atual

Primeiramente, é fundamental fazer um levantamento da sua realidade atual. Liste todas as fontes de entrada de dinheiro (vendas, comissões, bonificações) e todos os motivos de saída (contas, despesas, impostos).

Esta simples prática já é capaz de mostrar a você o quanto sua atividade está gerando de lucro — ou de prejuízo. Tendo essas informações na ponta do lápis, fica muito mais simples ter o panorama geral das suas finanças.

  1. Separe as despesas pessoais das profissionais

Um erro muito comum dos representantes em geral é a mistura das despesas pessoais com as de cunho profissional, mas não caia nessa armadilha.

Uma boa maneira de evitar esse problema é criando duas contas distintas: uma para os seus gastos domésticos e referentes ao seu dia a dia para além do trabalho e uma para todos os processos que envolvam seus clientes e suas atividades profissionais. Tome essa mesma iniciativa para seus cartões de débito ou de crédito.

  1. Faça um fluxo de caixa

Para ter o controle das suas transações, é essencial realizar um acompanhamento diário de tudo o que entra e sai das suas contas. É o que chamamos de fluxo de caixa.

Faça um esforço para registrar a parte financeira todos os dias, anotando das despesas mais simples, como um cafezinho no meio da tarde, até as mais complexas, como viagens corporativas.

Acompanhar de perto e de maneira constante suas finanças permite tanto que você identifique os gargalos que trazem prejuízo para sua atividade profissional quanto trace estratégias rápidas para corrigir eventuais erros.

  1. Defina seus objetivos financeiros

“Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve.” Essa frase se aplica à sua rotina de trabalho? Se a resposta for “sim”, então é hora de traçar uma rota mais clara, concorda?

Controlar suas finanças se torna algo muito mais eficiente se você tiver um objetivo financeiro claro, possível e com prazo determinado. Ele pode ser algo que você pretende adquirir, uma quantia que você queira economizar ou uma meta de lucro que você busca.

Por isso, defina claramente onde quer chegar e trace um plano de ação. Suas diretrizes são o caminho que você deve percorrer para tornar seu objetivo uma realidade concreta.

  1. Elimine o que for desnecessário

Às vezes, ficamos tão focados na parte operacional dos nossos negócios que deixamos de observar algumas despesas que não têm razão de existir mais. Com isso, uma grana que poderia estar gerando lucro ou sendo investida de forma mais eficiente vai sendo consumida pelo caminho de forma irrelevante.

Por isso, identifique e elimine imediatamente gastos que não influenciam a sua atividade e invista em alternativas que possam gerar economia, como iniciativas de economia compartilhada, em que empreendedores se reúnem para compartilhar os custos operacionais dos seus próprios negócios — os famosos espaços de coworking, por exemplo.

Organizar finanças é uma habilidade que qualquer pessoa pode — e deve — desenvolver. Ter o controle financeiro na ponta do lápis é um diferencial para tornar sua prática profissional o mais lucrativa possível.

 

Fonte: Blog Paco

Baixe nossa planilha: Planilha de acompanhamento de vendas!

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *