Seja um Cliente
Simples Nacional Para Advogados - Acce Adogados

Simples Nacional para Advogados – Seria a melhor opção?

No dia 06/08/2018 publicamos o artigo Tributação para Advogados – Quais as melhores opções para ter um escritório? . Neste artigo falamos sobre Lucro Presumido, Lucro Real e Simples Nacional para Advogados, para que você conseguisse entender qual a melhor escolha tributária para o seu escritório de advocacia.

Após a publicação do artigo, recebemos mensagens de alguns profissionais do direito para que detalhássemos melhor o Simples Nacional para Advogados. Por isso, e atendendo aos nossos leitores, hoje iremos discutir se o Simples Nacional é a melhor opção para enquadramento tributário de um escritório de advocacia.

Vamos lá? Boa leitura!!!

Simples Nacional para Advogados – É uma boa opção?

Seja você, um advogado que deseja começar uma carreira de sucesso inabalável ou um advogado que já tenha uma carreira consolidada – porém como colaborador em um escritório de renome – entendemos que, se está lendo este artigo, existe uma grande chance de estar decidido a empreender com muito sucesso numa carreira solo com seu próprio escritório de advocacia.

Por isso, temos uma pergunta muito importante a lhe fazer:

Você está pronto para isso?

Essa pergunta tem uma explicação…

Temos a plena certeza que como um advogado de sucesso você está “tinindo” de tão preparado, pois suas habilidades e competências foram desenvolvidas durante anos de preparação. Finalmente chegou a sua hora!!!

Mas, para encarar uma carreira empreendedora de sucesso na advocacia é preciso mais… é preciso planejamento!

E quando se trata de negócios, estamos falando especificamente sobre planejamento tributário… e o assunto de hoje é: o simples nacional para advogados é mesmo a melhor opção para o seu empreendimento?

Quer entender o porquê?

Fique conosco e descubra ao longo do artigo!

Como  o planejamento tributário pode transformar seu escritório em um negócio lucrativo?

Qual é a sua primeira atitude quando recebe um novo cliente ou uma causa importante para defender?

Acreditamos que analisar os fatos… não é mesmo?

E é exatamente isso que um planejamento tributário faz com o seu empreendimento no ramo do da advocacia. Você terá análises precisas sobre  como reduzir sua carga tributária e melhorar a lucratividade do seu escritório.

Isso serve para entender como iniciar um negócio fortalecido, economicamente viável e capaz de competir com os maiores escritórios do segmento.

E, planejamento, inclui escolher o regime tributário ao qual a sua sociedade de advogados irá se enquadrar.

E você deve estar pensando “E se eu não planejar, o que poderia acontecer?”

Nós te mostraremos em um breve resumo, veja:

  • Pagamentos desnecessários de tributos;
  • Descapitalização do seu caixa;
  • Risco de fiscalização;
  • Possíveis Autuações;
  • Pagamentos de Multas em caso de não conformidade fiscal;
  • Dentre outros riscos fiscais inerentes à sua atividade econômica.

Contudo, sempre há tempo para começar… e hoje chegou a sua hora! Por isso, queremos apresentar para você uma possibilidade que se enquadra perfeitamente em suas pretensões empreendedoras.

Vamos a ela?!

Regime Simplificado de Tributação – Simples Nacional: o que é e como funciona?

O simples nacional é um regime tributário simplificado  que veio como incentivo para micro e pequenas empresas, com uma sistemática de apuração e cobrança unificada dos impostos facilitando, assim, a rotina fiscal de uma série de profissionais.

Porém, para que o empreendedor possa usufruir dos benefícios do simples nacional existem algumas condições:

  • Ter um CNPJ
  • Ter sua atividade econômica na lista de permissões descritas na LC123/2006 e demais legislações que alteraram a mesma ao longo dos anos – E a advocacia é uma das atividades permitidas!
  • Ser uma ME ou uma EPP.
  • Não possuir débitos com governo.
  • Ter um faturamento de até R$ 4.800.00,00/Ano.

A legislação do simples nacional foi sancionada em 2006 pela LC 123 e sofreu diversas alterações ao longo dos anos. Inclusive mudanças importantes que foram implantadas pela Lei Complementar nº 155/2016 e também pelas Resoluções CGSN N° 136 e N° 137 a partir do dia 01/01/2018.

Importante: Apesar das diversas alterações do Simples nacional para 2018, o atividade de Advocacia é tributada pelo Anexo IV, e portanto não foi impactada diretamente pelas alterações impostas pela LC155/2016.

simples nacional para advogados

Simples nacional para advogados: Entenda os Benefícios

Além de ter uma rotina de conformidade fiscal simplificada, ainda existem outros benefícios que um advogado pode ter ao ser enquadrado no Simples Nacional, confira agora.

Vamos aos principais benefícios do simples nacional para advogados?

  • Pagamentos de impostos de maneira unificada

No simples nacional para advogados você terá seus impostos unificados em uma única guia chamada DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional, o que irá simplificar e muito a sua vida, para que você não se perca entre vários documentos como: darfs e guias infindáveis.

  • Tributação Planejada e Reduzida –

A alíquota será definida pelo anexo em que sua atividade se enquadrar e pela faixa de faturamento do seu escritório. Mas, já é possível dizer que, dependendo do faturamento, será menor que em regimes tributários como o Lucro Real e o Lucro Presumido.

Para exemplificar o que estamos falando, veja que o Simples Nacional para Advogados está sujeito ao Anexo IV – conforme já dissemos acima. Confira as Alíquotas na tabela abaixo:

Importante: É preciso observar que houveram alterações na forma de calcular as alíquotas efetivas que você irá recolher mensalmente ao optar pelo enquadramento no Simples Nacional para Advogados. Acompanhe como ficou:

Nova fórmula de cálculo da alíquota efetiva do Simples Nacional para Advogados:

Valor Total do Faturamento X Alíquota Nominal – Valor a Deduzir / Faturamento Total = Alíquota Efetiva.

Outro fator de suma importância e que deve ser levado em consideração:

O anexo IV é o único anexo do Simples Nacional que tem recolhimento da Contribuição Patronal do INSS. Portanto, como a advocacia é uma atividade tributada pelo anexo em questão, além de você pagar a alíquota do simples nacional para advogados, você terá que pagar também, um percentual de 20% ao INSS a título de Contribuição Patronal sobre seu pró-labore e sobre a sua folha de pagamento.

E mais, é importante ressaltar que a Escrituração Contábil e Fiscal é obrigatória para as sociedades de advogados.

Portanto é preciso que sejam  geradas e transmitidas ao fisco  todas as obrigações acessórias fiscais e contábeis do seu negócio. E esta é uma prerrogativa do profissional Contábil.

Parece complicado né? Mas garantimos que não é… é bem “SIMPLES” mesmo, e muito vantajoso o Simples Nacional para Advogados, pode acreditar.

Por isso, é muito importante que você doutor, conte com a parceria e o apoio de uma assessoria contábil especializada em Contabilidade para Advogados. Essa parceria, além da sua competência como advogado de sucesso, fará toda a diferença para o sucesso do seu escritório.

Então, o Simples Nacional para Advogados é a melhor opção tributária para um escritório de advocacia?

Em nossa opinião, a melhor opção tributária para um escritório de advocacia é aquela definida através de um planejamento tributário adequado e análises precisas, onde através de estudos chegar-se-á a conclusão da melhor e mais viável opção para os objetivos de todos os sócios e stakeholders envolvidos – direta ou indiretamente – no negócio.

É inegável que o Simples Nacional para Advogados traz grandes vantagens e benefícios ao profissional do direito que deseja empreender na carreira, tornando-se sócio de um Escritório de Advocacia..

Contudo, como já dissemos acima, o grande segredo é análise e planejamento!

Por isso a nossa dica final é…

Conte com o apoio de uma empresa de assessoria contábil para planejar e  montar sua sociedade de advogados.

Somos uma empresa de Contabilidade em Belo Horizonte – MG. Nossa equipe é  especializada em Contabilidade para Escritórios de Advocacia. Sendo assim, nos procure, vamos tomar um bom café, planejar e entender qual é o regime tributário ideal para o seu escritório especificamente.

Portanto, seja em uma Sociedade Unipessoal de Advocacia ou uma Sociedade Simples de advogados, além de definirmos a melhor opção tributária, iremos planejar também todas as medidas necessárias para manter seu negócio seguro, competitivo e, principalmente. LUCRATIVO!

Estamos esperando por você Doutor!

Um forte abraço…

#melhoropçãotributáriaparaumescritóriodeadvocacia #contabilidadeparasociedadeunipessoaldeadvocacia
#sociedadedeadvogados #simplesnacionalparaadvogados #contadilidadeparaadvogados  #contabilidadeembelohorizonteMG

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *