Fale Conosco
  • phone
    (31) 2551-6501 \ (31) 2551-6502
  • location_on

    Rua Alabandina, 807 - Caiçaras, Belo Horizonte - MG CEP: 30775-330

Deixe sua Mensagem

Seja um Cliente

MEI Simples Nacional 2018 – saiba tudo que mudou e prepare-se!

Mei Simples Nacional 2018 - ACCE - MEI Simples Nacional 2018 – saiba tudo que mudou e prepare-se!

O microempreendedor individual precisa estar por dentro de tudo que mudou ao que diz respeito ao MEI Simples Nacional 2018. O ano já virou e chegou o momento de ficar atento ao que há de novo, para que os negócios estejam de acordo com o que prevê o Governo Federal.

Existem quatro tipos de regimes de tributação diferentes, mas o Simples Nacional é um dos mais utilizados pela maioria dos empreendedores brasileiros, por isso, todos devem dedicar um tempo à essa leitura e descobrir o que há de novo.

MEI Simples Nacional 2018

O Simples Nacional é um regime que cobra, arrecada e fiscaliza tributos de microempresas e empresas de pequeno porte. Mas, não é qualquer empresa que pode optar por esse regime tributário.

O perfil de empresas autorizadas se resume, ou pelo menos se resumia, àquelas que não possuem um faturamento maior do que 3,6 milhões de reais ao ano. Mas, afinal de contas, o que mudou no Simples Nacional? É o que você vai descobrir agora.

Nova Lei

No dia primeiro de janeiro desse ano de 2018 entrou em vigor a Lei Complementar 155/2016 que instituiu algumas modificações no regime tributário.

Começando com novas atividades no regime, novas tabelas, mudanças no cálculo, regras atualizadas para exportação e licitações, regras atualizadas para parcelar dívidas vencidas, novos limites de ME e MEI, entre outras mudanças.

Limite mais alto para ME e MEI

Quando dissemos que para optar pelo Simples Nacional, a empresa precisava atingir um limite de faturamento de até 3,6 milhões ao ano, já estávamos te dando uma breve noção do que poderia mudar nesse regime.

Agora, as microempresas e empresas de pequeno porte que podem optar pelo Simples Nacional são aquelas que tem um faturamento anual de até 4,8 milhões de reais. Isso quer dizer que a média de faturamento mensal é de 400 mil reais, dando oportunidade para mais empreendedores optarem por esse regime.

Faixas de faturamento

Não é apenas o limite de faturamento que mudou esse ano. As faixas de faturamento caíram de 20 para 6 com a mudança no MEI Simples Nacional 2018.

Atividades novas

A partir de agora que a Lei complementar já entrou em vigor, microempresas e empresas de pequeno porte que produzirem cervejas, vinhos e afins precisarão obrigatoriamente estar inscritas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento caso queiram optar pelo regime tributário Simples Nacional.

Pagamento parcelado de dívidas vencidas

Outra das mudanças citadas foi o pagamento parcelado de dívidas vencidas. Empresas dentro desse regime que tiverem dívidas vencidas até o mês de maio do ano retrasado (2016) poderão dividir o valor em até cento e vinte vezes, ou seja, pagarão cento e vinte parcelas.

No entanto, o valor mínimo estabelecido para as parcelas é de trezentos reais. Ainda há acréscimo da taxa SELIC (juro) e de 1% ao mês do pagamento da própria dívida.

Essas são algumas das mudanças importantes para ficar atento sobre o MEI Simples Nacional 2018.

Seja diferente, inove, evolua, inscreva-se em nossa newsletter !

Em caso de dúvidas, entre em contato com a ACCE. Nós podemos te ajudar!

Sucesso e até breve.

Avalie este Post!

Compartilhe nas redes!

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of