Fale Conosco
  • phone
    (31) 2551-6501 \ (31) 2551-6502
  • location_on

    Rua Alabandina, 807 - Caiçaras, Belo Horizonte - MG CEP: 30775-330

Deixe sua Mensagem

Seja um Cliente

Faturamento MEI (2019)- Como calcular?

Faturamento Mei - Acce Contabilidade - Faturamento MEI (2019)- Como calcular?

O faturamento deve ser um dos principais pontos de atenção por parte do MEI, alias, é exatamente o faturamento, além da atividade exercida, que define se um negócio pode ser cadastrado como MEI ou não. Você sabe calcular o faturamento MEI? Não? Veja mais abaixo.

Faturamento MEI – o que é?

O primeiro ponto que gostaríamos de deixar claro é que o faturamento, lucro e capital de giro são coisas diferentes:

  • Capital de giro são os recursos disponíveis em caixa para manter o seu negócio funcionando;
  • Lucro é a diferença entre o que você ganha e o que você gasta;
  • Já o faturamento MEI é tudo o que você ganha com sua atividade de MEI. Ou seja, é todo o seu ganho bruto.

Como dissemos, o faturamento é um dos o pontos que definem se um negócio pode ser enquadrado como MEI ou não. No ano de 2019, para ser MEI, o negócio não pode faturar mais de R$ 81 no ano inteiro. Isso dá uma média de faturamento mensal de R$ 6750, mas o que importa é o faturamento anual.

A média mensal é utilizada para cálculos proporcionais, como mostramos abaixo.

O que você deve ter claro é que o faturamento é todo o seu ganho.

Confira Nossas Especialidades - Acce Contabilidade

Faturamento MEI: como calcular

Como dissemos,  o faturamento é tudo o que você recebeu por meio do seu negócio, sem descontar nada, não importa se seu negócio deu lucro ou não, bem como, não importa o tamanho do lucro.

Dessa forma, se você trabalha com vendas, por exemplo, e vendeu um total de R$ 70 mil no ano e seus gastos foram de R$ 20 mil, o seu lucro foi de R$ 50 mil, mas seu faturamento foi de R$ 70 mil.

Isso vale também para prejuízo. Se você vendeu um total anual de R$ 50 mil e teve gastos de R$60 mil, seu prejuízo foi de R$ 10 mil, mas seu faturamento foi de R$ 50 mil.

Calcular faturamento anual MEI proporcional.

O faturamento anual é de R$ 81 mil. Isso vale para quem já possuía MEI antes do início do ano e para quem abriu em janeiro.

Contudo, como fica o cálculo para quem abriu seu MEI no meio do ano? O cálculo deve ser proporcional.

Lembra que falamos que o valor médio mensal  é de R$ 6750? Então, esse valor deve ser utilizado para definir o limite anual de quem não tinha o MEI durante o 12 meses.

Por exemplo, um MEI aberto em julho terá “existido” por 6 meses no final de 2019. Como o valor médio por mês é de R$ 6750, o faturamento anual desse MEI deverá ser de, no máximo, R$ 40.500,00. Lembre-se: o que vale sempre é o faturamento anual.

É importante ressaltar que esse cálculo deve ser feito corretamente, pois deve ser lançado na  Declaração Anual do MEI no ano seguinte ao faturamento.

O que acontece se o MEI ultrapassar o limite?

Na regra geral, quem ultrapassa o limite de faturamento MEI de R$ 81 mil ao ano, ou proporcional, como explicado acima, será desenquadrado da categoria e passará a ser uma microempresa ou empresa de pequeno porte, dependendo do seu faturamento.

Neste link do Portal do Empreendedor há a explicação de como isso ocorre.

De toda forma, se você ultrapassou o limite do faturamento MEI não necessariamente é uma má notícia, pois é sinal de que seu negócio está crescendo.

FONTE: Portal MEI

Compartilhe nas redes!

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of